4 tendências da Revestir 2022 ligadas as pedras naturais

Posts Recentes

Stand da Granos na Revestir

Separamos neste artigo algumas tendências da Revestir 2022 que estão relacionadas as pedras naturais. Confira abaixo:

1. O discurso do “parecer natural”:

Ao andar pelos corredores da feira, foi possível encontrar facilmente o discurso do “imita o natural” em diversas marcas produtoras de sintéticos e derivados, visando conquistar a parcela crescente da busca por projetos conectados a biofilia, naturalidade e matérias primas orgânicas.

Basta uma rápida pesquisa nos sites especializados em decoração e ambientes ou um olhar mais atento nos relatórios de tendências de consumo para perceber que, impulsionados pela pandemia, os consumidores estão pautando suas escolhas para priorizar a conexão com a natureza.

Olhando então para os revestimentos, optar pelas pedras naturais em suas muitas possibilidades de aplicação se torna a escolha ideal já que, vale lembrar, não há nada mais natural do que uma rocha que evoluiu ao longo de milhões de anos, como um organismo vivo, se adequando a cada mutação do planeta Terra.

Curiosidade: Segundo o relatório de tendências feito pelo Pinterest, uma das principais redes sociais utilizadas para procurar referencias de decoração, o termo “arquitetura biofílica” cresceu 150% no último ano.

2. Texturas naturais/Cruas:

Detalhes Alamo Navona

As pedras com acabamentos naturais, que replicam sua textura na natureza, são definitivamente uma grande aposta para a arquitetura. Poder passar a mão e sentir diferentes formas e relevos das texturas é algo encantador e, por que não dizer, irresistível!

Uma vantagem para a rocha natural nesse sentido é que, por suas diversas composições minerais, as texturas e resultados se tornam únicos. Isso acontece, pois, os cristais que compõem a rocha se comportam de formas diferentes nos processos de produção e abrem um leque quase infinito de possibilidades.

 

3. Explosão de cores:

A ampla variação de cores para revestimentos naturais atraiu os olhares esse ano. Desde as mais neutras até as mais únicas, de tudo pôde-se ver na Revestir 2022.

O universo da especificação usando o natural se mostrou amplo e mais exclusivo do que nunca através de granitos, marmores, quartzitos, cristais de rocha e releituras que permitem encontrar a cor perfeita para o projeto dos sonhos.

Curiosidade: Já ouviu falar sobre dopamine dressing? Vale a pena ler sobre o tema que está chamando a atenção e reforçando a influência das cores na nossa rotina e humor.

4. O design e a arte:

Nunca o design foi tão priorizado quanto nessa edição da Revestir. Grandes nomes do design, da arte e da moda vieram e transformaram estandes e produtos em verdadeiras instalações cheias de significados, propósitos e valor agregado.

No stand da Granos, Pedro Franco assinou um projeto pautado por um manifesto autoral que nasceu da filosofia Wabi Sabi e da valorização da perfeita imperfeição, que ganhou forma numa parede central lapidada a mão e remontada. Já na Michelangelo, o artista Rômulo Lass se juntou ao escritório Canalli Arquitetura para criar um painel inspirado nos 100 anos do Paranismo, enquanto a Brasigran contou com peças de mobilário assinadas como a mesa lateral desenhada por Lucas Recchiaa.

O crescimento de aplicações com significados permitem que tanto mobiliário como revestimentos tenham uma razão para estar que vai além do senso estético e, mais uma vez, colocam a rocha natural em evidência já que, por si só, carregam milénios de história em sua formação.

 

Projetos

Enviar
Mande uma mensagem!